Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Divulgação

Coordenador da FUP fala sobre nova queda no preço do gás de cozinha

Por Redação

12 de setembro de 2022 : 17h23

O coordenador-geral da FUP, Deyvid Bacelar, comentou nesta segunda-feira, 12, sobre a nova redução de 4,7% no valor do gás de cozinha, anunciada pela Petrobras.

Para Bacelar, a atual diretoria da estatal se encontra pressionada e que, segundo ele, “virou instrumento de campanha política às vésperas das eleições, passando a reduzir o intervalo de rebaixamento dos preços dos combustíveis”.

Ainda de acordo com sua avaliação, “o governo corre atrás do prejuízo depois de três anos e oito meses de altas recordes nos preços dos derivados, reajustados com base na equivocada política de preço de paridade de importação (PPI)”.

Por fim, ele lembra que “somente no gás de cozinha, a alta de preço nas refinarias foi de 119,1% ao longo do período Bolsonaro, levando a camada mais pobre da população a lançar mão de lenha para cozinhar, enfrentando graves riscos de acidentes. Enquanto isso, o salário mínimo, sem aumento real, teve reajuste de apenas 21,4% no atual governo”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Kleiton

12 de setembro de 2022 às 17h38

Desde quando os sindicatos sabem do que acontece na Petrobras ?

Responder

Deixe um comentário