Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Nassif desmascara vampirismo do UOL por verbas públicas

Por Miguel do Rosário

02 de julho de 2015 : 21h52

Eu já escrevi sobre o tema. Agora o Nassif tampou o caixão.

O esforço de Fernando Rodrigues para defender que a publicidade federal fique apenas em grandes portais, cuja audiência é inflada por sites pornográficos, é acintosamente antidemocrático.

Ainda mais depois que ficou claro, em reportagem feita pelo próprio Rodrigues, que a grande mídia fica com a maior parte das verbas federais.

Volto a perguntar: como foi mesmo que a mídia brasileira construiu sua audiência?

Foi apenas com competência, ou foi também com ditadura, verba pública e monopólio?

***

Fernando Rodrigues, a miséria do jornalismo investigativo

Por Luis Nassif, no Jornal GGN.

QUI, 02/07/2015 – 20:47
ATUALIZADO EM 02/07/2015 – 21:13

Fernando Rodrigues sempre foi um repórter sem discernimento. No longo período em que integrei o Conselho Editorial da Folha, nunca foi tratado a sério pelos conselheiros. Destacava-se pela disponibilidade em aceitar missões obscuras e em fazer o jogo de algumas das piores fontes da República, como o ex-senador Gilberto Miranda e Paulo Maluf.

No jornalismo, sua arte sempre consistiu na manipulação primária de dados, no chamado esquentamento de notícias. Sua falta de coragem e de fôlego ficaram nítidas no episódio Swissleaks, em que precisou recorrer a repórteres de O Globo para salvar a cara, incapaz de um mínimo de discernimento sobre o tom aceitável pelas empresas para a tática de mostrar um pedaço para esconder o todo.

No seu levantamento anterior sobre publicidade nos blogs, por exemplo, para conseguir um número tonitruante somou 12 anos de publicidade, enveredando até pelo governo FHC.

Agora vale-se das mesmas jogadas maliciosas para comparar audiências.

As empresas que anunciam em blogs são aquelas que procuram consumidores qualificados, maiores, bancarizados e formadores de opinião. A publicidade é negociada com elas. O máximo que a Secom faz é não impedir a publicidade. A verba administrada diretamente pela Secom jamais contemplou blogs ou jornais independentes.

Os leitores de blogs políticos – de esquerda ou direita – formam a nata do público perseguido por esses anunciantes. Se a mera audiência fosse o critério principal, os veículos de maior publicidade estatal não seriam a Folha, Estadão, Globo e Veja, mas o Extra e outros jornais sensacionalistas.

Ao comparar a publicidade por visitante único de portais, Rodrigues recorre à mesma manipulação primária anterior, deixando de lado a chamada audiência turbinada, sites sem nenhuma relevância (como sites pornográficos), que acrescentam audiência e diminuem a qualificação dos grandes portais.

Portais como a UOL turbinam a audiência abrigando sites pornográficos, salas de bate-papo (cujo maior atrativo, depois do aparecimento das redes sociais, é a pornografia anônima), espaço de e-mail e jornalismo.

A publicidade de cada blog ou portal tem o mesmo preço por mil dos portais genéricos, incluindo os visitantes da pornografia, com a vantagem de ter um público muito mais qualificado.

Além disso, a pouca frequência de patrocinadores privados em blogs e jornais independentes se deve ao uso do BV (bônus de veiculação) e, em alguns casos, a ameaças explícitas de retaliação por parte de veículos como a Veja.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

25 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Josue Castilho

04 de julho de 2015 às 04h18

Fernando Rodrigues é aquele jornalista que segurou a lista do Swissleaks, ajudando assim o abafamento do caso?
Seria o mesmo que, pelo sigilo da mesma lista, causou mal estar, além do descredenciamento de um colega brasileiro, na Associação Internacional de Jornalistas Investigativos?

É a nova cara do PIG?

Responder

Vera Lu Cruz

03 de julho de 2015 às 19h08

molezinha todos querem !!

Responder

Isabel Moraes Bel

03 de julho de 2015 às 17h14

Verbas públicas para escrachar com o governo e o país? Não entendo..

Responder

José Donizetti Vieira de Morais

03 de julho de 2015 às 14h41

Que vantagem o governo tem de fazer propaganda em espaços da oposição?

Responder

Eduardo Londero

03 de julho de 2015 às 12h31

A audiência a um site pornográfico é menos audiência que àquela do Nassif ?

Responder

Marcelo Bruno

03 de julho de 2015 às 10h46

Apoio que lixos como esse percam a boquinha.

Responder

Henrique Pedro

03 de julho de 2015 às 10h01

Não que seja errado divulgar em mídias alternativas, como blogs. Mas seria de certa maneira uma forma dos governos (estou falando de maneira geral, não somente do PT) de maneira ilegal manter e fortalecer os blogs que falam somente bem dele. Outro ponto é a possibildade de pessoas abrirem blogs apenas por terem influência com o governo e tendo o único propósito receber um bom mensal.

Responder

    Karla Viana

    04 de julho de 2015 às 03h07

    Ao contrário, esses meios alternativos são muito bons porque falam de tudo e todos, não só a favor do PT, aliás quando tem que falar o que deve também não deixam por menos. Eles não são errados, eles fazem o que é certo, falam de tudo e de todos quando tem que falar – é assim que a imprensa de verdade age.E mais, fazem isso muito bem, com linguagem jornalística, sem usar termos chulos e sem agredir.Enquanto errado é a mídia tradicional não falar nada dos outros partidos e das ilegalidades que foram e estão sendo feitas, protegendo outros políticos e partidos, tendo apenas o PT, exclusivamente, como objeto de crítica e acusação, sem provar os fatos. Aliás pior do que crítica, mentiras, falta de dados corretos, informação manipulada e seletiva sempre contra o PT. Isso eu considero questionável demais!!!! E errado também, e muito!!! Não dá pra ler.

    Responder

jose carlos lima

03 de julho de 2015 às 05h05

Como otimizar sua pesquisa no GOOGLE,,..ai då prá achar muitos mais links sobre o UOL como portal procurado por praticantes de crimes sexuais

http://jornalggn.com.br/noticia/otimizacao-de-pesquisas-no-google

Termo da pesquisa: allintext: uol o portal da pedofilia

O UOL age como cafet?o virtual, sendo uma porta aberta para crimes sexuais

http://portalimprensa.com.br/portal/ultimas_noticias/2008/06/06/imprensa19993.shtml

Responder

André

03 de julho de 2015 às 00h15

Outra forma de forçar a visita dos portais mascarando e forjando as estatísticas é forçando o redirecionamento imediato da caixa de emails. Por exemplo, ao consultar meus emails no globo.com, ao sair, obrigatoriamente sou redirecionado para o portal inicial desta instituição.
Desde já vou providenciar o meu cancelamento desses serviços.
O mesmo deve ocorreu com os demais grandes portais que oferecem este e outros serviços.

Responder

paul moura

03 de julho de 2015 às 00h04

Para quem vive da ética, Fernando, você terminou!

Responder

Misael B. S. Filho

03 de julho de 2015 às 01h58

O governo federal tinha mais é que proibir a SECOM de usar suas verbas na imprensa golpista.

Responder

Misael B. S. Filho

03 de julho de 2015 às 01h58

O governo federal tinha mais é que proibir a SECOM de usar suas verbas na imprensa golpista.

Responder

Sandra Coutinho

03 de julho de 2015 às 01h44

Nossa valeu muito.Esse Crápula chamado Fernando Rodrigues ninguém suporta.

Responder

Sandra Coutinho

03 de julho de 2015 às 01h44

Nossa valeu muito.Esse Crápula chamado Fernando Rodrigues ninguém suporta.

Responder

Marcos Feijó de Almeida

03 de julho de 2015 às 01h42

Parabéns para O Cafezinho! Sou fã deste blog!

Responder

Marcos Feijó de Almeida

03 de julho de 2015 às 01h42

Parabéns para O Cafezinho! Sou fã deste blog!

Responder

Paulo Renato Brod Nogueira

03 de julho de 2015 às 01h16

Esse Fernando Rodrigues, vale lembrar, é aquele que escondeu a lista do HSBC-Zelotes.

Responder

Paulo Renato Brod Nogueira

03 de julho de 2015 às 01h16

Esse Fernando Rodrigues, vale lembrar, é aquele que escondeu a lista do HSBC-Zelotes.

Responder

Karla Viana

03 de julho de 2015 às 01h14

Parabéns GGN e Cafezinho. Pelo trabalho diário e incessante em busca da melhor informação, e melhor, da verdadeira informação. Parabéns a todos os jornalistas alternativos, investigativos e éticos para com um jornalismo imparcial, comprometido com a cidadania e democracia.

Responder

Karla Viana

03 de julho de 2015 às 01h14

Parabéns GGN e Cafezinho. Pelo trabalho diário e incessante em busca da melhor informação, e melhor, da verdadeira informação. Parabéns a todos os jornalistas alternativos, investigativos e éticos para com um jornalismo imparcial, comprometido com a cidadania e democracia.

Responder

Marcos A. P. Pecci

03 de julho de 2015 às 01h13

Fernando Rodrigues, teu nome é hipocrisia e seu sobrenome é demagogia! Quem não te conhece, quem não conhece seus patrões safados que te comprem!

Responder

Maria Maria

03 de julho de 2015 às 01h03

Nassif né bom, a mulesta. Junta O Cafezinho e…….. estamos prontos pra batalha. Valeu demais.

Responder

Karla Viana

03 de julho de 2015 às 00h58

Tomou papudo? Resposta é resposta e com moral. Até mais, com coisa que falta em certos blogs, sites e portais: ética, ética jornalística porque fazem jornalismo de verdade.

Responder

Deixe um comentário